Jornalistas Aprovam Posicionamento E Ressaltam Melhoria


Como Gerar Tráfego Orgânico Para o Seu Site


O que cada repórter faria se ganhasse um prêmio sério e uma sensacional grana em euros? Daria entrada num imóvel, compraria um automóvel novo ou faria um elegante passeio com a mulher na Europa? Encontrei a história fantástica e resolvi mandar um e-mail pro Rodrigo (bage10@hotmail.com), animado por saber mais a respeito de esta vasto aventura.


“Oi Ricardo, tudo lindeza? Muito ótimo que você tenha se interessado pela história. São 23h03 e estou em um hotel barato para missioneiros pela avenida Franceville, em Douala, Camarões. Abri meu computadorzinho neste local pra publicar ontem e, surpresa, pesquei alguma conexão wifi cuja fonte é um mistério. Juro que não imagino de onde é, contudo chegou na hora.


Tô fazendo uma versão do site em espanhol e tinha muita coisa atrasada pra transmitir. Também, só portanto posso te responder tão rapidamente. Às vezes, fico 2 ou 3 dias sem internet”. O que tua namorada te argumentou quando você comunicou a ela que iria partir com o objetivo de África de carona e deu-lhe o adeus no dia sete de maio?


Bah, esta história é complicada… Eu tava trabalhando no El País.com, porém andava meio de saco cheio. Ela sabia disso, que eu estava lá mais por causa dela do que pela questão profissional. No momento em que apareceu a carona e ela teve que invalidar (com causa) uma viagem que faríamos naquela mesma semana… descobri que era hora de chutar o balde e apostar nesta reportagem.


A bola tava picando. Na realidade, no momento em que nos despedimos naquele dia, ela entendeu. Terminamos na bacana, já que era meio dúvida de tempo eu sair da Espanha. No entanto afim de ser sincero ela não gostou muito quando contei a história da despedida repentina na entrevista ao Jornalistas & Cia. E porventura não goste se encontrar que eu estou repetindo a história no seu web site, huahuahua. Porém ela está em Madri, aspiro que tu não tenhas leitores por lá. Quais foram as passagens mais dramáticas e as mais engraçadas que viveu desde o dia oito de abril? A mais tensa: surgir e sair de Lagos de noite, quando nem sequer os próprios nigerianos se atrevem a pegar um táxi lá a esta hora. A cidade tem apagões durante todo o dia e lá o bicho pega mesmo. Passei duas noites em um hotel sem luz e que se chama Ritz (não é da cadeia, claro). Tive que fazer a mochila com a luz do computador e sair do hotel sem olhar um metro adiante.


Sair no breu de uma cidade com treze milhões de habitantes, com a fama de ser a mais violenta e corrupta da África, de madrugada, em um táxi qualquer para dirigir-se uma rodoviária… Mete susto. Etoo, neste local em Douala. Etoo frequenta com os amigos dele. A mais engraçada: tem numerosas. Uma rápida de mencionar.


Tava fazendo uma matéria num cabaré em Acra, Gana. No banheiro, um turista me pára e diz: vejo que você é novo neste local. Cuidado, aqui vêm diversas prostitutas. Ah, assim como em Gana, um dos caras com quem eu estava viajando teve um problema intestinal em um parque nacional onde se caminha por umas passarelas móveis, a quarenta metros de altura sobre o assunto as árvores.


  • Acesse pra frente

  • Baixa taxa de rejeição (bounce rate) está associada com rank mais grande no Google

  • 10000 pontos = R$100,00 reais

  • Dia de Beauté - Victoria Ceridono

  • 5 5. Agenda online

  • O filme não roda? Conheça 10 conversores de mídia para definir o problema

  • Auto complete e expressões relacionadas do Google



Descemos correndo, porém o cara não aguentou. Disse que os cipós tinham agarrado ele pelos pés e, enfim… Tivemos que obter umas calças para ele pela lojinha do parque. Olhar o Real Madrid conduzir de 6 em moradia do Barcelona, na única televisão que localizei, em uma loja de informática de Cape Coast, assim como foi muito engraçado.


O momento mais emocionante: em uma vila a respeito de palafitas na fronteira de Benin com a Nigéria. Um menino perguntou meu nome e começou a reiterar. Logo em seguida, outro. Em minutos, havia umas 15 garotas me seguindo e gritando Ro-dli-go. Tenho o filme e é impagável. Primeiro, isto mesmo, que são algumas Áfricas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *